logo

Telefone (14) 3202-9656

Cirurgia


Cirurgia

Médico veterinário responsável: Dr. Carlos Eduardo Meirelles.

São realizadas cirurgias de pequena, média e grande complexidade em um centro cirúrgico equipado com aparelho de anestesia inalatória, monitoramento por Oximetro, Capnógrafo, Eletrocardiograma, Monitor Respiratório, Doppler e Monitor de Pressão.

Todas as cirurgias são realizadas por equipe de médicos veterinários: Cirurgião, Anestesista e Auxiliar.

Principais cirurgias realizadas:

• Aeração conduto auditivo
• Ablação gl. 3ª pálp.
• Amputação de cabeça do fêmur
• Amputação membro
• Blefaroplastia
• Caudectomia / ergot (não estéticas)
• Cesariana
• Cistotomia
• Conchotomia (não esteticas)
• Enterectomia
• Enterotomia
• Enucleação
• Esofagotomia
• Esplenectomia
• Eversão cart. 3ª pálp./ flap
• Extração ad-anal
• Gastrotomia
• Hérnia diafragmática
• Hérnia inguinal
• Hérnia perineal
• Hérnia umbilical
• Laparotomia
• Luxação de patela
• Nefrectomia
• Nodulectomias
• Orquiectomia
• Otohematoma
• Ovario salpingo histerectomia (castração)
• Pectineotomia
• Piometra
• Prolapso reto/vagina
• Toracotomia
• Torção gástrica
• Tumor de mama
• Tumor mastectomia radical
• Uretrostomia
• Uretrostomia perineal felina
• Vasectomia

Perguntas Frequentes


  • Como faço um orçamento de cirurgia?
    • O orçamento depende das condições de saúde e características físicas de cada animal. Estas características devem ser levadas em conta para decisão do protocolo anestésico mais indicado, melhora do estado clínico do paciente no pré-operatório, avaliação dos riscos no trans operatório, como necessidade de transfusão, etc. Por estes motivos deve ser agendada consulta prévia para o estudo de cada caso.

  • Qual a preparação do paciente para a cirurgia?
    • Exceto para cirurgias de emergência, é necessário um jejum de no mínimo 8 horas de alimento e 6 horas de água. Além de eventuais prescrições do veterinário no pré-operatório.

  • É necessária alguma proteção para o animal não ter acesso ao ferimento cirúrgico?
    • Sim, freqüentemente os animais lambem e abrem o ferimento cirúrgico, mesmo os animais aparentemente mais calmos. Por esse motivo o veterinário irá prescrever a melhor proteção, que pode ser colar elisabetano, roupa cirúrgica, ataduras, etc.